O que deve evitar

thumbs downNa hora de redigir o currículo, existem uma série de erros muito comuns os quais se devem evitar, se quiser que seu currículo tenha mais êxito. Conheça e tenha em conta:

  • Não escreva “Curriculum Vitae” na parte superior, essa informação já se sabe. É muito melhor encabeçar o currículo com seu nome, com um tipo de letra um pouco maior e seus dados pessoais.
  • Defina-se de uma forma clara, organizada e sintética. Muita informação entedia o contratante.
  • Evite falar de salários e objetivos econômicos no currículo. Haverá  oportunidade para isso.
  • Não é necessário dar explicações detalhadas de uma demissão ou de uma finalização de contrato. Se essas informações interessam à empresa,te perguntarão em uma entrevista.
  • É preferível que você não ressalte nenhuma militância política, sindical ou religiosa, por não conhecer a pessoa que vai receber seu currículo, já que esses aspectos podem influenciar.
  • Utilize um vocabulário formal, sem palavras técnicas, pedantes nem vulgares, mas sem cair em uma linguagem coloquial.
  • Não é necessário anexar as referencias no currículo, salvo se a empresa solicita expressamente. Tampouco é necessário o expediente acadêmico.
  • Se você redigiu um currículo cronológico, procure não deixar espaços de tempo em branco. Essas interrupções podem dar uma imagem negativa ao contratante, ainda que não corresponda à realidade. Caso você tenha passado um tempo sem trabalho, é melhor optar por um currículo funcional.
  • Não indique todos os seminários ou cursos que você tenha participado. O espaço do currículo é muito limitado, o melhor é fazer uma seleção e indicar somente os mais significativos.
  • Não inclua seus passatempos, a não ser que esses tenham uma relação muito direta com o posto de trabalho.
  • Não minta. Mas isso também não quer dizer que você tenha que dizer toda a verdade: “venda-se” o melhor possível.

Veja também