Como descrever idiomas no Currículo

Os idiomas são uma parte obrigatória dentro da estrutura do Curriculum Vitae. Não é obrigatório falar várias línguas, no entanto, conhecer, relativamente bem, uma língua ampliará as nossas possibilidades na conquista de um emprego. Por isso saiba como descrever idiomas no currículo.

 Como descrever idiomas no Currículo

Como descrever idiomas no Currículo

Deve destacar os idiomas que conhece e o nível que tem para cada um, dos quais pode ser elementar, bom ou excelente. Importante destacar o nível no conhecimento em 04 partes: escrita, leitura, fala e compreensão.

Se tiver um título reconhecido que certifique a língua estrangeira que você fala, melhor ainda.

É sempre importante recordar que não deve mentir nem exagerar neste ponto do currículo porque será facilmente descoberto perante qualquer pergunta nesse idioma. No caso de saber mais de uma língua, tente ordená-las por importância, do ponto de vista comercial e do seu domínio.

O tão famoso “meu nível de inglês é básico” nunca deve ser incluído em um currículo. Falar o básico é o mesmo que não falar nada. Ou você sabe outra língua no nível intermediário ou não sabe.

Aprimorar seu idioma também será um ótimo diferencial, até mesmo para acompanhar as mudanças do mercado. Uma ótima oportunidade para reciclar seus conhecimentos.

Veja mais aqui sobre como fazer um Currículo Web. 

Veja também